BENFEITORIA ABRE PRIMEIRA EXPOSIÇÃO DO ANO COM CAROLINA SANTANA

Impermanente

A benfeitoria apresenta a partir deste sábado, o resultado da exposição Impermanente, fruto da residência artística da Carolina Santana, na primeira edição do PAPI – programa artístico para irregularidades.

No mais novo trabalho, a artista aborda as relações do corpo e sua impermanência, conduzindo sua pesquisa principalmente em salões de beleza e outros espaços onde essa relação se dá. A exposição traz estudos em fotografias, desenho, escrita, vídeo e objetos para abordar as relações com o corpo, entendendo-o como cor, forma, luz, sombra.

A abertura da exposição acontece em dois lugares. Às 15h, a casa da benfeitoria, espaço onde a artista residiu para desenvolver o trabalho, abre para um coquetel e conversa com a artista, que irá apresentar todo o processo criativo. E às 19h o galpão abre as portas para inaugurar as novas obras e intervenções propostas pela artista. No som, o coletivo de djs Bicimanas Sounds conduz a experiência sonora.

Impermanente_processo

Carolina Santana, artista natural de Belo Horizonte, MG, pesquisa a investigação e criação no campo da fotografia contemporânea expandida. Utilizando diferentes dispositivos fotográficos, de captação de sons, a escrita e outras intervenções, a artista busca tensionar a imagem fotográfica de maneira experimental.

O Programa Artístico para Irregularidade, o PAPI é o primeiro edital independente da benfeitoria para residência e ocupação artística do espaço. A proposta tem como objetivo abrir espaço para artistas de todo o país para pesquisa e montagem de exposição site specific, considerando todas as irregularidades e multiplicidades do espaço. A benfeitoria ofereceu ajuda de custo, residência/atelier e orientação crítica por profissional escolhido pelo próprio artista.

Programação:

de 15h às 19h – trabalhos,processo criativo e residência

A artista recebe os visitantes para um coquetel na casa da benfeitoria, local de residência e desenvolvimento do trabalho.

> Rua Silva Jardim, 254 – Floresta

de 19h às 01h – inauguração obras

A exposição é aberta oficialmente no galpão da benfeitoria com happy hour e DJs Bicimanas Sounds!

> Rua Sapucaí, 153 – Floresta

A exposição fica em cartaz até o dia 20/06 na casa da benfeitoria e até o dia 20/09 no galpão da benfeitoria.

Abertura Exposição “Impermanente”, de Carolina Santana, pelo PAPI

Casa da Benfeitoria – Rua Silva Jardim, 254 – Floresta & Galpão da Benfeitoria – Rua Sapucaí, 153 – Floresta

Sábado, 20/05 às 15h

Entrada gratuita

Gostou? Espalhe!

Be first to comment