Divina Maravilhosa invade a Serraria Souza Pinto

divinamaravilhosa-4


Marcelo VeronezElza SoaresLinn da Quebrada e MC Carol vão invadir as dependências da Serraria Souza Pinto acompanhados pelo bloco Alô Abacaxi, o coletivo TODA DESEO e o d
uelo dos passinhos do Lá da Favelinha. A festa divina maravilhosa realiza sua quarta edição e montou um mega line up para uma super festa com 10 horas de duração.

A representatividade foi o grande balizador da curadoria artística. “Para que se seja reconhecido e tenha sua dignidade assegurada e respeitada é preciso que você exista. E a gente não existe se não é visto. É preciso que a sociedade veja transgêneros também na posição de artistas-criadores, são só como observados, objeto de pesquisa e tema. É preciso que mulheres sejam reconhecidas em suas atuações criativas, conquistando mais espaços de visibilidade”, explica Gigi Favacho.

MC Carol é reconhecida como um símbolo feminista e da luta contra o racismo velado que ainda existe no Brasil. Linn da Quebrada pode ser considerada bicha, trans, preta e periférica, nem ator, nem atriz: atroz. Bailarinx, performer e terrorista de gênero, encontrou na música – em específico, o funk – uma poderosa arma na luta pela quebra de paradigmas sexuais, de gênero e corpo.O bloco Alô Abacaxi estourou no carnaval de Belô já em seu primeiro cortejo neste ano, com o irreverente resgate do repertório tropicalista de Caetano, Gil e Tom Zé misturado à repiques e tamborins. Pretende resgatar um entendimento da nossa cultura, não enquanto cópia de movimentos artísticos externos às terras tupiniquins, mas sim, enquanto valoração de uma cultura que entenda a peculiar diversidade e beleza do povo brasileiro.

Marcelo Veronez, já reconhecido como representante do grito bicha-queer-lama-glam da cena alternativa da cidade, faz o pré-lançamento de seu primeiro disco na Divina. Narciso Deu Um Grito é fruto do encontro de Veronez com parceiros de criação de longa estrada como Thiago Delegado, Di Souza, Milena Torres, Roda de Timbau, Corte Devassa, Deh Mussulini, LG Lopes, Brisa Marques e Lira Ribas. Veronez apresentará novas canções e músicas de seu repertório, despontando com sua performance teatral e sensual, dividindo o palco com a icônica Elza Soares, A Mulher do Fim do Mundo.“Elza é uma das cantoras mais importantes do mundo, inigualável, é força e potência. Nesse momento em que a gente vive, sua presença de mulher negra e sua história realizam um arco de resistência muito importante.

Elza passou por tudo que esse país pode oferecer de terrível: fome, racismo, violência, machismo, apedrejamento, esquecimento. Ela deu a volta por cima com sua absurda vontade de superação e com um talento musical raro, é muito difícil encontrar uma Elza Soares por aí. E ela não desiste, ela segue em frente”, diz Veronez.E completa: “O discurso dela ficou mais combativo a partir do século XXI. Elza não dorme no ponto, ela está sempre ligada às questões da juventude, das mulheres, ela se atualiza. Elza é norte. Pensar que vou estar ao mesmo tempo, no mesmo palco que ela, cantando com ela, é algo que me deixa com o coração aos saltos e os olhos marejados. Que seja bem-vinda e que a gente saiba celebrar e festejar essa bandeira de vida!”.

Ingressos Solidário: Em edições anteriores a festa promoveu uma grande campanha de arrecadação de utensílios femininos destinados à mulheres trans em situação de rua. Desta vez, o ingresso solidário da Divina será convertido em doação para a manutenção do projeto Lá Da Favelinha, iniciativa do MC Kdu dos Anjos que atende a comunidade do Aglomerado da Serra desde 2015, com oficinas, dança, grupos de estudo da Cultura Hip Hop, aulas de línguas, empreendedorismo e outros. Além da campanha de doação, a Divina Maravilhosa coordenará em parceria com o Lá da Favelinha um projeto ao longo de 2017 de acolhimento e debates sobre gênero e sexualidade com a comunidade.

Divina Maravilhosa, com Marcelo Veronez convida Elza Soares, Linn da Quebrada, MC Carol, Toda Deseo, Lá da Favelinha – Disputa Nervosa e bloco Alô Abacaxi.Data: 12 de maioHorário:  21h00 as 07h00Local: Serraria Souza Pinto (Av. Assis Chateaubriand, 809 – Centro).

Ingressos: sympla.com.br

1º LOTE
Meia – R$30
Solidário – R$35*
Inteira – R$60

2º LOTE
Meia – R$40
Solidário – R$45*
Inteira – R$80

3º LOTE
Meia – R$50
Solidário – R$55*
Inteira – R$100

*INGRESSO SOLIDÁRIO: na doação de R$ 5 para o projeto Lá da Favelinha, paga-se meia-entrada.

Gostou? Espalhe!

Be first to comment